Instalação de um Pomar Pedagógico

Quase a terminar o ano letivo, os alunos do 1.º e do 2.º ano do Curso Profissional Técnico de Produção Agropecuária, no âmbito das disciplinas de Produção Agrícola (Vegetal) e Mecanização Agrícola, finalizaram o projeto "Instalação de um Pomar Pedagógico".

Todos os alunos estão de parabéns, pois ao longo de nove meses desenvolveram e acompanharam este projeto, de forma responsável e persistente, algumas das vezes sob o intenso sol que brilhava. 

O trabalho consistiu na instalação de um pomar, com 24 árvores de fruto, numa área de aproximadamente 700 m2. A escolha das espécies (noz pecã, pistácio, toranja gigante, limão caviar e cunquateiro) prendeu-se com o objetivo de apresentar aos alunos variedades diferentes das habitualmente por eles conhecidas e adaptadas à nossa região.

Quanto ao espaço escolhido, os alunos começaram por fazer a limpeza grosseira do solo, retirando infestantes, plásticos e restos de plantas. Seguidamente, procederam à mobilização profunda do solo, onde foram encontradas imensas pedras, ferros e tubos, material que foi reciclado. Reutilizando as pedras, construíram-se três muros nos topos do pomar, com vista a embelezar e enriquecer o espaço e a segurar a terra envolvente, tarefa para a qual alguns alunos mostraram grande aptidão. Seguiu-se a escarificação, distribuição de estrume e passagem da enxada mecânica.

De seguida, os alunos fizeram as marcações no solo com as respetivas medições, abriram as covas e plantaram as árvores, procurando fazer o alinhamento com a maior das perfeições. Instaladas as árvores, criaram-se as caldeiras. Fez-se uma adubação de cobertura e realizou-se o enrelvamento das entre linhas para promover a sustentabilidade do pomar. Por fim, fez-se a instalação do sistema de rega gota a gota, ficando apenas um gotejador em cada árvore para otimizar a água.

Realizou-se a manutenção do pomar, com a passagem da capinadeira, com recurso à roçadora e à enxada para limpar as caldeiras.

Para finalizar este projeto, os alunos construíram um "hotel" para os insetos auxiliares, utilizando madeira e telhas. Para atrair os insetos usaram-se canas de bambu, rolos de oliveira e papel grosso canelado. Esta instalação promove o modo de produção integrado, pois dá-se oportunidade aos insetos auxiliares que, ao habitar perto do pomar, podem predar eventuais pragas, evitando-se tratamentos fitossanitários em demasia.

Foi um projeto com a duração do ano letivo, que agregou inúmeros conteúdos, de diferentes módulos, e que tornou o seu desenvolvimento muito aprazível. Fica agora o desafio aos alunos para que, nos próximos anos, prossigam com as manutenções e cuidados necessários. Parabéns às turmas envolvidas.

Ver Galeria de Fotografias